24 de fevereiro de 2016

Amor que é amor não doi

Estudos indicam que um em quatro jovens inquiridos admitiu ter sido agressor nas suas relações amorosas.

Violência confundida com amor 
Os estudos apontam para uma “percentagem muito significativa” de rapazes e raparigas que admitem já ter sido vítimas (22,5%) ou agressores (25%) nas suas relações de namoro. Muitos destes jovens não mostram ter consciência de que alguns comportamentos que praticam, como controlar as mensagens de telemóvel, impedir contactos com os amigos ou fazer cenas obsessivas de ciúmes, sejam formas de violência.


Para muitos jovens, “estas formas de violência são frequentemente confundidas como manifestações de interesse e de amor”, disse Teresa Morais. Outra situação preocupante é o facto de a violência nas relações de namoro ser “um factor preditor da violência conjugal”, que tende a agravar-se com o passar do tempo.


Já escrevi sobre este assunto no facebook mas achei que seria importante também falar aqui pois este problema é bastante grave, violência no namoro esta a aumentar, nascem como cogumelos casais de miúdos e graúdos que exigem palavra-passe das redes sociais, controlam as sms, proíbem falar com pessoas, vivem em discussão e forçam a relação sexual e pior é que é tudo considerado normal e usam como argumento "quem ama cuida" vamos lá ver... para mim cuidar é perguntar como foi dia, ter saudades, ajudar, dar um abraço e uma beijocas, apoiar em qualquer altura, cuidar é também confiar... e meus amigos ou se confia ou não se confia não há cá meios termos, cuidar não é controlar, perseguir e agredir!!!



Se não confias sai dessa relação, PONTO! Pois não há amor que aguente e com o tempo só vai piorar, não precisas de ter um homem ou mulher ao teu lado para saberes o que é o amor próprio! Ama, ama verdadeiramente mas primeiro ama-te!


“Se alguém te agride, se alguém te humilha, se alguém te controla, se alguém te isola dos amigos, isso não é amor, é violência”



2 comentários:

  1. Traição não dá realmente.
    Enfim, mas discordo no aspecto de q se dói, é amor. Apenas amor q precisa ser resolvido.

    O problema é claro, quando se ultrapassam certas barreiras e não se pode voltar atrás

    ResponderEliminar

Obrigada pelo teu comentário eu retribuo sempre,
O tempo médio de resposta é 1/2 dias.