Love is love

By Viver num t0 - sábado, junho 27, 2015

Desde ontem ando a ler comentários ridículos... que se iniciam sempre com "eu não sou homofóbico mas..."

Triste é em 2015 a homossexualidade não ser considerada normal e sim anti-natura.
Tu podes festejar quando o teu clube ganha mas pelo que vi/li não se pode festejar a conquista do casamento entre sexos?! enfim...
E as teorias de WC a retalhar as pessoas ora estes são gays são melhores e aqueles paneleiros são piores!! WTF estamos a falar de pessoas e são livres de amar! Sejam felizes e deixem ser felizes ‪#‎freelove‬

Li vários comentários, "em portugal já se pode casar com pessoas do mesmo sexo à mais de 5 anos e não houve este tipo de manifestações" em primeiro lugar vamos lá deixar de olhar só para o nosso umbigo, existe mais "mundo" alem de portugal este é um problema mundial e segundo lugar Portugal é pequeno e provavelmente nem 80% saiu do armário e nunca vai sair por isso é normal que não houvesse movimento semelhante!

Sim eu "vesti" a bandeira não pelos americanos e sim pela igualdade e pelos que continuam a morrer só porque gostam de pessoas do mesmo sexo.
Para mim nada tem haver com modas e sim IGUALDADE...
Para alguns isto pode não ser nada... apenas "modinhas" mas essa "moda" para muitos é apoio... é passo que necessitam para seguir em frente e se podemos ajudar, alguém aceitar-se tal como é, claro que não vou fingir de morta.

  • Share:

You Might Also Like

9 comentários

  1. eu tambem sou a favor da igualdade. Todos os dias me custa ver o quanto não conseguimos ser humanos para com os outros.
    Deviamos ser unicos, mas ao mesmo tempo saber respeitar o outro e gostar dele do jeito que ele é independentemente da sua cor, orientação sexual, aparencia ou capacidades.

    *hugs da Naipes*
    http://ladynaipes.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  2. A homofobia é algo que me irrita profundamente mas o que me irrita ainda mais são as pessoas que dizem " não tenho nada contra homossexuais, respeito-os muito" mas depois dizem que não gostavam de ter um filho homossexual. Ou se têm um põem-no fora de casa. Enfim.
    Parabéns pelo post :)
    http://bloguedacatia.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Até fico com comichão de saber que há gente assim cerebro de ervilha é o que é

      Eliminar
  3. Só tenho a dizer "Obrigada" por defenderes este movimento.
    Que bom haver pessoas como tu que acreditam no amor.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  4. Eu continuo a defender, cada um faz o que quer com a sua vida, toda a gente tem o direito a liberdade, desde que não impinjam nada a ninguem, é como a religião, cada um reza a quem quer, desde que não me chateiem, respeito!! (eu tou a falar disto porque tenho dois amigos gays quase me fazem engolir a sua orientação sexual, e eu sou a favor da liberdade de cada um, não me importa a sua orientação mas mesmo assim são pior que os jeovás, nunca percebi porque!)

    ResponderEliminar
  5. Infelizmente, em Portugal e no Mundo, há muitas pessoas que não se assumem como homossexuais, pois sabem que nem pelas próprias famílias serão aceites. Ainda há um longo caminho a percorrer, mas passo a passo, havemos de combater a discriminação e a desigualdade.

    ResponderEliminar
  6. Acho lindo que defenda o direito das pessoas serem elas mesmas, ainda que teoricamente não precise deste mesmo direito. Na verdade todos precisamos de liberdade e cada um, a sua maneira, é impedido de ser quem realmente almeja. Obrigado pela partilha.

    ResponderEliminar

Obrigada pelo teu comentário eu retribuo sempre,
O tempo médio de resposta é 1/2 dias.