16 de janeiro de 2013

Entrevista les petites choses

Olá meninas, apartir de hoje todos os meses irei entrevistar uma lojinha que esteja a fazer parceria com o VivernumT0, assim todos juntos vamos conhecer melhor as lojinhas e tambem algumas das suas dificuldades diarias e assim sendo vou estrear esta nova rubrica com a Lojinha Les Petites Choses já participaram no sorteio -> aqui

1 Como escolheste o nome da lojinha?
Foi complicado. 
Cartões de Visita
Na internet existem muitas lojas, por isso, escolher um nome que não fosse repetido tornou-se uma tarefa bem difícil.
Primeiramente, excluí a hipótese de ser em português, depois em inglês porque a maioria dos nomes das lojas online são nessas duas línguas. Até que cheguei á conclusão que o francês seria o mais adequado e comecei a procurar palavras que conjugadas formassem uma frase que fizesse sentido mas que no fundo não me comprometesse, ou seja, um nome que não estivesse ligado a roupa, acessórios, calçado, etc., podendo eu, vender o que quisesse. 
E foi assim que cheguei a LES PETITES CHOSES.

2 - Quando foi criada a lojinha e o que te levou a criá-la?  
Primavera/Verão 2013
A Les Petites Choses foi criada em Setembro de 2011 inicialmente para a venda de artigos usados, pois como qualquer pessoa, eu tinha artigos que já não gostava mas continuavam em bom estado e podiam ser reutilizados.
Passado alguns meses senti a necessidade de expandir e pensei na venda de artigos novos. Em Maio de 2012 contactei alguns fornecedores e tive a sorte de encontrar um que me ajudou a desenvolver o projecto Les Petites Choses – Vendas por Encomenda.

3 - Como defines a tua marca/estilo?
Actual, económico e versátil.

4 - As tuas peças são ligeiramente diferentes do 'habitual' como fazes a seleção? 
Primavera/Verão 2013
As peças são todas escolhidas por mim, por vezes, levo dias a tentar decidir quais coloco para venda.
Em primeiro lugar, tento estar sempre ocorrente das tendências da moda para conseguir ter uma ideia mais concreta do que as minhas clientes estão à procura.
Depois vem o processo de selecção de artigos, só coloco artigos que realmente gosto, por vezes existe um ou outro artigo não fazer o meu estilo mas como gosto dele, idealizo alguém com ele (amigas ou familiares), e então seleciono para venda.
Basicamente é como fosse às compras a uma loja, vejo um artigo, gosto e neste caso, não compro mas coloco para venda.

5 - Já tens clientes internacionais? Se não tens, tens objetivos de vir a ter?

Tenho uma parceria internacional, por isso, tenho algumas seguidoras internacionais mas embora exista algum interesse por parte destas clientes na compra dos meus artigos o valor dos portes internacionais continua a ser uma barreira.
Espero que um dia esta barreira seja ultrapassada e que a Les Petites Choses faça envios internacionais regularmente

6 - Tendo em conta o estado financeiro do pais, pensas que isso posso afetar o teu negócio? Que medidas tomas para contrariar isso?
Cartão de agradecimento/
Cartão de  ofertas e descontos

O actual estado financeiro do país nota-se claramente nas vendas, inicialmente tinha encomendas a qualquer altura do mês, com o tempo foi-se alterado e a maioria das encomendas são feitas no fim do mês/início do mês, ou seja, quando as pessoas recebem os seus rendimentos.
O principal para contrariar a crise actual é ter sempre bons produtos a preços acessíveis para todas as pessoas, evito ter para venda artigos superiores a 40€ e tento cativar os consumidores de várias formas.

7 - Qual o teu grande sonho em relação a loja? Pensas ser possível alcança-lo? 
Eu gosto de vendas, publicidade, marketing, moda, por isso, isto será o meu futuro.
Ainda existem muitas coisas a fazer na minha vida, tanto pessoalmente como profissionalmente, na minha área profissional ainda quero aprofundar variadíssimos campos e quando me sentir realmente preparada penso continuar com a loja online mas abrir uma loja física.

8 - Se fizesses um vídeo a publicitar a tua lojinha o que destacavas? E qual o Slogan?
Primavera/Verão 2013
Uma pergunta difícil de responder.
Para além dos artigos e dos preços realçava a importância da relação entre loja e os seguidores/clientes. Acho importante estabelecer uma relação de proximidade entre ambas as partes, pois são os seguidores/clientes que nos ajudam a crescer e em contrapartida é bom para eles terem confiança numa loja.
Um slogan? Sinceramente não sei! Teria de pensar muito sobre o assunto mas tinha ser algo original e que ficasse na cabeça.

9 - O que dirias a quem pretende iniciar o seu próprio negócio?
Como se diz na gíria: pés bem assentes na terra!
Iniciar um negócio é preciso realmente gostar muito de algo e ter a consciência que se tem de dar um passo de cada vez.
Um negócio é como um bebé, vai crescendo mas também é preciso saber alimenta-lo, ou seja, é preciso ter bastantes ideias para estar sempre a inovar porque é isso que o vai fazer evoluir.
Nunca ser materialista, fazer as coisas de coração, nada ter a esconder a quem procura os seus produtos porque assim gera-se uma relação de confiança e sinceridade entre o vendedor e os consumidores.



Les Petites Choses
www.facebook.com/lespetiteschosesvendas

7 comentários:

  1. Não me quero comprometer :P mas penso que a base mais clara daquela gama da Nivea talvez fosse boa para ti porque o sub tom da base é azul e não laranja :)

    ps: vou já visitar o lojinha!
    beijinho
    http://sosweetsopink.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  2. que feera essa entrevista!
    a loja é uma graçaa, adorei as peças!
    beijoos!

    www.fashionfrisson.com

    ResponderEliminar
  3. ja sabia que ias adorar a Os so speacil XD tem tudo haver ctgo :D
    beijinho

    ResponderEliminar
  4. gostei muito da entrevista :)
    *************
    HF
    http://the-hf-blog.blogspot.pt/

    ResponderEliminar

Obrigada pelo teu comentário eu retribuo sempre,
O tempo médio de resposta é 1/2 dias.